Pontada do lado direito no fundo do abdómen? Fique a saber que a apendicite pode revelar-se de muitas outras formas, e até nem sentir essa dor!

Comecemos por explicar o que é a apendicite.A apendicite é a inflamação do apêndice (um pequeno órgão localizado numa parte do intestino grosso) e tende a acontecer com mais frequência entre os 10 e os 30 anos. A apendicite não se trata de uma condição que se deva deixar levar de animo leve, aliás, é uma condição que requer uma ida imediata à urgência, uma vez que o tratamento tardio pode levar ao rebentamento do órgão e até à morte do paciente. “Se não for tratado por um médico, o apêndice pode romper, o que pode ser fatal”, diz a médica Jennifer Caudle em declarações à revista Prevention.

Sempre que surge uma pontada no lado direito do fundo do abdómen lá vem a palavra ‘apêndice’ à mente. É quase inevitável não associar esta dor à apendicite, contudo, este está longe de ser o único sinal de alerta.

Então como sabemos se as dores que temos se trata ou não de apendicite?

A dor intensa em toda a barriga – e não apenas a partir do umbigo até ao lado inferior direito do abdómen – é um dos sintomas a ter em atenção, embora não queira dizer que o apêndice vá estourar em breves minutos. Quando esta dor surge a andar, a rir ou até a tossir, o melhor é mesmo visitar um médico, pois o risco de inflamação é já elevado.

Segundo a revista Prevention, com ou sem dores abdominais, os vómitos, náuseas e falta de apetite são outros sinais de alerta, diz a especialista, que explica que a apendicite pode interferir com a saúde gastro-intestinal, causando um maior desconforto e mal-estar.
[adinserter block=”8″]
As idas frequentes à casa de banho para urinar são também um sintoma possível, contudo, há que procurar um médico para perceber se a causa está na inflamação do apêndice (e, por consequência, da bexiga) ou se se trata de uma possível infeção urinária.

Os tremores acompanhados por febre são outros sintomas de apendicite, mas, mais uma vez, há que perceber se podem ou não estar associados a uma infeção urinária ou de rins, uma vez que estas duas condições podem provocar febre, tremores e dores abdominais.

Quando a infeção do apêndice está já num estado avançado e sem um diagnóstico feito, é possível que a pessoa viva alguns episódios de confusão mental, uma consequência da possível passagem da inflamação para a corrente sanguínea.