"O pai dos meus filhos acabou de me balear"


Aterrorizada e com a cara desfigurada devido a um disparo de caçadeira feito pelo ex-marido, Isaura Amaro, de 59 anos, atravessou na quinta-feira à noite a estrada junto à casa onde vive, na Asseiceira, Mafra. Gritava “o pai dos meus filhos acabou de me dar um tiro”, e uma vizinha correu em seu auxílio. Jorge Ângelo Esteves, o agressor, de 62 anos, doente oncológico terminal, esperou pela antiga companheira na casa que ambos ainda partilhavam, apesar de divorciados.
img_757x426$2015_07_26_02_29_24_474213
Quis cumprir a promessa que andava a fazer há algum tempo: ia matar a mulher, pois não suportava a ideia de que ficasse viva, a usufruir do património de ambos. Só que os intentos do reformado, que trabalhou numa empresa de terraplanagem, saíram frustrados. Isaura Amaro foi rapidamente assistida pelo INEM. Transportada de urgência para o Hospital de Santa Maria, em Lisboa, foi operada no serviço de cirurgia maxilo-facial. Mantém-se internada em estado grave, mas estável. Jorge Esteves fugiu de carro após o crime.
A GNR foi rápida a intervir e colocou 14 militares no encalço do agressor. O autor do disparo escapou à primeira interceção, mas foi apanhado à segunda. Resistiu à detenção, afirmando estar doente. No carro tinha a arma do crime, uma caçadeira e várias munições. Foi presente este sábado de manhã ao juiz do Tribunal de Sintra, ficando em prisão preventiva.