Exemplos governamentais

Temos engenheiros licenciados ao domingo, indivíduos licenciados por equivalência, primeiros-ministros que tiram um curso em 17 anos e parasitam nas empresas dos padrinhos partidários para dizerem que estiveram empregados, ministros-jornalistas que compraram jaguares para a Moderna, submarinos e tanques em negócios que ninguém compreende, temos bancos dos políticos, temos ministras dos ‘swap’ – daí as ameaças físicas dos maridos, temos ministros das obras públicas que trocam pelos conselhos de administração de empresas… de obras públicas (período de nojo em Portugal? O que é isso), temos ‘jotinhas’ até dizer chega.

bligz pol1

E depois temos também ministros da solidariedade… os tais da Mota… viva a política portuguesa!!!