Cidadãos exigem liberdade para Benjamin


(Última atualização em: 9 Janeiro, 2015)

Benjamin Wilson, um jovem inglês de 22 anos, foi preso e condenado recentemente a seis anos de cadeia por ter atacado o pai com um martelo.
http://i2.mirror.co.uk/incoming/article4936471.ece/alternates/s615/PAY-Benjamin-Wilson.jpg

Filho de um pai abusivo, que já havia servido dois anos de prisão por agressão à esposa, Ben correu escadas acima após – mais uma vez – ouvir gritos, coisas partidas, barulhos agressivos, entrando no quarto e agredindo o pai para proteger a sua mãe.
http://i2.mirror.co.uk/incoming/article4929762.ece/alternates/s615/Benjamin-Wilson-main.jpg

Foi o próprio Benjamin que se entregou numa esquadra logo após o sucedido, dizendo que achava ter matado o pai, tendo-o agredido com o martelo por cinco vezes.

A estranha justificação do juiz, depois de se ler todos o ocorrido, assenta num ataque com arma perigosa a um homem indefeso… entendendo o juiz, aparentemente, que o seu pai não estava a atacar a sua mãe, o que é bizarro. O juiz tinha uma primeira ideia de condenação a 12 anos de cadeia, reduzindo para metade com a justificação de Ben ter crescido debaixo de um pai violento, num ambiente violento e, apesar disso, não ter quaisquer antecedentes de violência ou afins.

Esta decisão está a chocar a sociedade inglesa e já circulam abaixo-assinados, petições a exigir a liberdade para Benjamin, cujo único intento foi defender a mãe de mais um agressivo, violento ataque do pai, em mais um exemplo de como a justiça funciona bastante mal (basta ver que o pai, por agredir a mãe, foi preso somente dois anos, por exemplo).