Bebé com leucemia rara precisa de dador de medula óssea


O centro paroquial do Vale de Santarém vai estar de portas abertas este fim-de-semana, dias 28 e 29 de janeiro, para acolher uma campanha de registo de medula óssea, que tem como objetivo encontrar um dador compatível com uma menina de 13 meses que sofre de um cancro raro.

Maria, filha de Miguel Rosa e Rita Mota, um jovem casal residente em Santarém, luta contra uma leucemia mielomonocitica diagnosticada no passado mês de dezembro, e necessita de um transplante para sobreviver.
[adinserter block=”8″]
Todas as informações sobre a doação de medula óssea e sobre a campanha que os pais lançaram para salvar a bebé estão disponíveis no Facebook, na página “Salvar a Vida da Maria”.

Segundo uma reportagem publicada no Jornal de Notícias, os pais, de 39e 36 anos, tiveram conhecimento do diagnóstico no dia 28 de dezembro, tendo lançado entretanto uma campanha de solidariedade para salvar a filha.

As doações, segundo sublinha Miguel Rosa, poderão salvar a vida da bebé, mas vão também ajudar muitos outros doentes, pois os voluntários ficam inscritos no registo nacional de dadores de medula óssea.

No Vale de Santarém, a recolha decorre no sábado e no domingo, entre as 9 e as 13 horas.