A vingança serve-se fria


Louisa Manning é uma jovem de 22 anos, inglesa, estudante em Oxford, que durante anos foi vítima de bullying escolar pelo seu aspecto físico, pelo seu peso, etc.

Dez anos depois, um desses rapazes que a maltratavam convidou-a para sair, não sabendo que era a mesma jovem de há uma década atrás. Louisa aceitou e, aquando da data do encontro, enviou uma foto dela através de uma das pessoas que trabalhava no local onde ficaram de se encontrar, foto essa de quando tinha 12 anos, e um bilhete a questioná-lo se se lembrava do aspecto dela e assegurando-lhe que ela não se esquecera e que havia passado anos mal comendo e afins devido a esses abusos. Da próxima vez que se lembrar dela, que recorde que foi esta mesmo jovem, Louisa, que o deixou pendurado.

O rapaz pediu-lhe desculpa, entretanto, pelo seu comportamento passado, assegurando que estava mudado.

https://pbs.twimg.com/media/B4MSLLtCIAEDQfR.jpg
foto do twitter oficial de Louisa Manning

Esta é uma história que vai correndo o mundo neste momento. Em primeiro há que elogiar a coragem de Louisa e a forma como ultrapassou os abusos, depois serve de reflexão para todos os que, por quaisquer razões que tenham, usam e abusam destes comportamentos menores e nada dignificantes, sem nenhum respeito pelo próximo.

Este deve ter aprendido a lição!