Qual o melhor adoçante para a sua saúde?

(Última atualização em 12 Setembro, 2020)

Os adoçantes são produtos desenvolvidos para conferir sabor doce aos alimentos e bebidas, com o objetivo de substituir o açúcar branco parcial ou totalmente. Eles podem ter a formulação à base de edulcorante artificial ou edulcorante natural extraído de frutas ou vegetais. Os tipos de adoçante mais consumidos são:

Adoçantes artificiais: aspartame, sacarina, acessulfame-k e ciclamato
Adoçantes naturais: stevia, sucralose e poliois (xilitol, manitol e sorbitol)
para quem é indicado o adoçante?

O adoçante é recomendado para pessoas que precisam controlar a ingestão de açúcar ou retirá-lo totalmente da dieta, como no caso dos diabéticos.

Por conter não conter calorias, o adoçante também é usado por quem quer controlar ou perder peso.

Adoçante faz mal?

Apesar de serem considerados seguros, os adoçantes artificiais, como o aspartame e o ciclamato, são polêmicos, pois diversos estudos indicam que podem provocar o desenvolvimento de doenças, como o câncer.

E ainda, diversas pesquisas colocam em cheque a eficácia dos adoçantes artificiais, como aspartame e sacarina, para a perda de peso, especialmente quando utilizado em bebidas como refrigerantes diet/light.

A conclusão de diversos estudos como este estudo feito no canadá sugere que os adoçantes artificiais não ajudam a reduzir o peso. As hipóteses são de que os adoçantes artificiais podem aumentar o apetite, estimulando o mecanismo de recompensa do cérebro para compensar a “falta de calorias” de alimentos doces.

Além disso, alguns especialistas não indicam o consumo de adoçantes artificiais, já que são substâncias que o organismo não reconhece e que podem ter efeitos tóxicos com o consumo prolongado.

Por este motivo, os adoçantes naturais estão alta, já que parecem ser mais benéficos para o organismo.

Adoçante ajuda a perder peso?

emagrecer

No que diz respeito a perder peso, um estudo feito na Australia mostra o oposto:

pessoas que consomem produtos e bebidas com esses produtos, têm uma probabilidade mais elevada de engordar, comparativamente a quem prefere o açúcar tradicional.

Qual o melhor adoçante?

Os adoçantes naturais são as melhores opções para substituir o açúcar refinado, conheça mais sobre eles:

stevia

adoçante de stevia

A stevia (esteviosídeo), adoçante natural extraído de uma planta chamada Stevia rebaudiana, de origem latino-americana, é um dos melhores adoçantes para substituir o açúcar refinado. É utilizada há muitos anos pelos índios guaranis para conferir o sabor doce aos chás. A stevia não fornece calorias e tem o poder para adoçar 300 vezes maior que o açúcar.

Além de ser consumida como adoçante de mesa – para adoçar café, sucos ou chás – a stevia também é usada pela indústria na fabricação de produtos, como doces, bebidas, goma de mascar e iogurtes.

benefícios da stevia

Adoçante natural
Não calórico
Não cariogênico (não favorece o aparecimento de cáries)
Possui estabilidade no aquecimento
Contribui para reduzir o consumo de açúcar
Pode ser consumida por pessoas com fenilcetonúria


De acordo com a recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS), a ingestão segura recomendada de stevia é de 4g/kg/dia. Dentro desse limite, a stevia não apresenta contraindicações ou efeitos colaterais, por isso, pode ser consumida por todos.

xilitol

É obtido a partir da hidrogenação do monossacarídeo xilose. Ótima opção para substituir o açúcar, pois é nutritivo e oferece muitos benefícios para a saúde.

O xilitol é um pó branco, com sabor doce e poder adoçante bem próximo da sacarose. Pode ser utilizado por diabéticos, pois contém baixo índice glicêmico. Além disso, destaca-se por ajudar a reduzir a incidência de cáries e a remineralizar os dentes.

adoçante xilitol

benefícios do xilitol

Possui baixo índice glicêmico
Pode ser usado por diabéticos
Tem poucas calorias
Pode ajudar no controle do colesterol
Auxilia no tratamento de doenças respiratórias


Recomenda-se consumir, no máximo, 60g de xilitol por dia. Acima disso, ele pode ter efeito laxativo.

manitol

Extraído de algas marinhas e vegetais, como a beterraba. Também é obtido a partir da glicose e da hidrólise do amido. O manitol deve ser consumido com moderação, pois ajuda a estimular a produção de insulina.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, a dose diária recomendada para o consumo de manitol até 150mg/kg de peso. Em excesso, ele pode causar diarreia.

benefícios do manitol

Adoça até 70% mais do que a sacarose
Pode ser levado ao fogo

sorbitol

É encontrado nas frutas, como maçã e ameixa, e nas algas marinhas, mas também é obtido do açúcar invertido e do amido. É menos calórico do que o açúcar branco e adoça até 50 vezes mais.

benefícios do sorbitol

Usado para adoçar gomas de mascar e geleias
Pode ser levado ao fogo


Assim como o manitol, o sorbitol deve ser consumido com moderação, já que pode causar desconforto abdominal.

Quem deve tomar adoçante?

O que se conclui é que tomar adoçante em vez de açucar como forma de perder peso pode ter o efeito oposto. Seja qual for a razão psicologica para isso. O melhor é consumir estes produtos com moderação e bom senso.

Já no caso dos diabéticos é o que é recomendado para evitar os picos de glicemia.