O homem sem os tintins nas finanças


Em uma entrevista de emprego numa repartição pública, o chefe pergunta:

— O senhor já sofreu algum acidente grave?

— Sim. Quando servia o exército, participei de uma batalha simulada e um tiro atingiu as minhas bolinhas. Tive que extraí-las!

— Santo Deus! — exclamou o entrevistador, sem conseguir disfarçar a piedade.

— Bem, o emprego é seu! Nós chegamos sempre às 8, mas o senhor pode chegar às 10. Tudo bem?

— Mas por que eu vou ter esse privilégio?

— É que, o senhor sabe como é… Repartição pública… O pessoal sempre fica coçando duas horas antes de começar a trabalhar!