As mamãs não estavam nada à espera


A importância que é dada aos militares nos EUA é de notar. Não passa ao lado dos inúmeros canais de televisão e, enquanto nuns países os programas da manhã ou tarde deixam muito a desejar, por lá são muitas vezes utilizados para estas surpresas.

Ser esposa de militar é sempre complicado, estar grávida, ter um bebé enquanto o marido se encontra num cenário de guerra ainda pior. Estar meses a fio sem ver o marido, saber que este poderá nunca conhecer o/a bebé… Assim, é sempre digno de realce este género de colocações em programas. Pode-se pensar que os produtores apenas pensam em audiências, estas determinam o sucesso de cada programa, mas independentemente disso é uma atitude social de louvar.