Katelyn, uma menina que merece ser (re)conhecida


Os primeiros 10 anos de vida de Katelyn Payne foram idênticos aos da maioria das meninas, felizes, em família, até que lhe começou a cair o cabelo.

A menina descobriu que sofria de Alopecia, algo incomodativo no sexo masculino mas ainda mais para o sexo feminino. No início sentiu-se revoltada, triste, mas superou os sentimentos negativos e começou a utilizar perucas para imitar as suas favoritas estrelas da música, sendo Katelyn uma obcecada por música.

Esta sua atitude valeu-lhe um contrato de modelo com uma empresa de perucas!

Ainda mais relevante é a forma como Katelyn, que tem somente 11 anos, utiliza esta sua ‘nova’ forma de viver e estar para inspirar e motivar outras pessoas que padecem desta doença.

Para uma menina ainda tão jovem, esta atitude é notável, de uma nobreza sem igual.

Katelyn tem tudo para ser uma adulta extraordinária!