Evolução dos fatos de banho e biquíni ao longo dos tempos


No século XIX, só se podia apanhar sol para fins terapêuticos, e os fatos de banho cobriam todo o corpo eram semelhantes a vestidos feitos de la.
Somente a partir dos anos 20, diminuíram o tamanho das saias dos fatos de banho e dos vestidos. As mulheres começaram a usar duas peças – bermudas e camisola ou então macacão.
Nesta altura já era aceite as mulheres mostrarem os braços e pernas abaixo do joelho.
Nos anos 40, o uso de materiais novos criou mais elasticidade e ficaram mais justos ao corpo.
Foi também nesta década que apareceram os primeiros biquínis!
Os fatos de banho mais curtos, e mais parecidos com os que conhecemos, só apareceram por volta das décadas de 50/60 em Portugal.
E é a partir da década de 60 que começa a ser aceite o biquíni, e é criado o monoquíni, que cobria o corpo a partir das coxas até um pouco acima da cintura, na qual duas tiras finas se cruzavam entre os seios e sobre as costas.
Daí em diante, foi havendo uma evolução gradual dos biquínis e fatos de banho até aos que vemos hoje!