Esta assistente de bordo detetou um caso chocante e salvou uma vida!


(Última atualização em: 7 Fevereiro, 2017)

Após suspeitos de tráfico humano, algumas assistentes de bordo têm recebido treino para identificar possíveis casos de tráfico de seres humanos.

Shelia Fedrick, uma assistente de bordo norte-americana, de 49 anos, contou à NBC um episódio que aconteceu consigo e que permitiu salvar uma rapariga que teria apenas 14, 15 anos, tudo aconteceu a bordo de um voo da Alaska Airlines, que circulava entre Seattle e São Francisco, nos EUA.

A postura e rosto da rapariga chamaram a atenção de Shelia, que estranhou ver a diferença entre a adolescente e o homem de meia-idade, bem vestido, que a acompanhava.

Quando tentou falar com a jovem e com o outro passageiro ao lado, o homem acabou por se mostrar defensivo. Foi então que esta assistente de bordo decidiu mudar de estratégia.
[adinserter block=”8″]
Escreveu uma mensagem num papel que deixou numa casa de banho, na altura em que a rapariga lá foi. E rapariga respondeu, escrevendo um pedido de ajuda na mesma nota.

Shelia avisou o piloto, que passou a informação à torre de controlo. Quando aterraram, o homem foi interrogado pelas autoridades e acabou detido, enquanto a jovem, menor de idade, foi resgatada.

A história contada pela NBC surge numa altura em que os números de tráfico de seres humanos no Estados Unidos apontam para a detenção de pelo menos dois mil suspeitos, só em 2016.