DISSERAM-LHE PARA ESCONDER A CARA FEIA DESTE BEBÉ, ADMIRA SÓ NO QUE TORNOU!

27 Outubro, 2015

Uma menina sofreu de “bullying” quando era adolescente e chegou a pensar no suicídio na adolescência, devido a uma condição de pele rara e grave.

Ictiose Arlequim é o nome da doença genética que Mui Thomas de 22 anos de idade. Ela perde numa só noite, a mesma quantidade de pele que a maioria das pessoas perde em duas semanas.
Esta condição de saúde faz com que a jovem esteja em constante agonia com as dores.

Após ter nascido foi abandonada, acabou por ser criada por Rog, de 52 anos e Tina de 47 anos quando tinha pouco mais de 1 ano de idade. Quando tinha 3 anos acabou por ser formalmente adotada pelo casal.
Os médicos alertaram o casal que muito provavelmente a menina não iria sobreviver.

Rog disse que ao longo dos anos a menina foi recuperando lentamente. A menina sofreu de “bullying” por parte de colegas da escola e até mesmo adultos. Ela chegou mesmo a pensar em se matar.

No mês passado, Mui, que trabalha como uma árbitra de rugby e que venceu as discriminações, fez uma palestra juntamente com a família para falar das suas experiências, como tentativa de aumentar a consciencialização sobre o impacto devastador que o “bullying” pode ter na vida de alguém.

Além das palestras, a família escreveu um livro chamado “The Girl Behind The Face,” que conta a história de vida de Mui. Existem ainda páginas no Facebook e no Twitter com o mesmo nome.

Compartilhe: