Aos 29 anos, esta rapariga decidiu terminar a sua vida de uma forma corajosa.


(Última atualização em: 14 Agosto, 2015)

Com 29 anos, Brittany Maynard tinha acabado de se casar e pensou que teria uma longa vida pela frente. Foi nessa altura que lhe foi diagnosticado um astrocitoma, um tumor no cérebro que lhe dava uma esperança de vida máxima de 10 anos. Como uma desgraça nunca vem só, poucas semanas depois foi-lhe diagnosticado um glioblastoma multiforme, ou seja um cancro cerebral da forma mais mortífera que existe. Os médicos disseram-lhe os pacientes com essa doença vivem cerca de 6 meses, sendo os ultimos 3 de terriveis dores. Nesta altura ela e o seu marido decidiram mudar-se para o estado do Óregon, um dos 3 estados Norte-Americanos onde a eutanásia assistida por médicos é legal, para que ela própria pudesse escolher como deixar este mundo.

Deixou uma pequena mas poderosa mensagem para todos nós: “Aproveita o dia, o que é importante para ti, o que realmente interessa. Persegue isso. O resto não interessa”.