Dicas e alimentos para reduzir a gordura abdominal

8 Setembro, 2014

(Última atualização em 15 Novembro, 2020)

Muita gente acumula gordura na zona abdominal sem fazer ideia do porquê de isso acontecer. É obvio que existem fatores genéticos que ditam a predisposição para a pessoa acumular gordura nessa zona mas nem tudo está perdido. É possivel perder completamente a “barriga” e estes 12 alimentos são uma excelente ajuda para isso acontecer.

Perca a barriguinha e vai ver a sua auto estima subir em flecha!

Alimentos que atuam contra a gordura abdominal

Iogurte grego: é uma alternativa deliciosa para emagrecer, pois contém o dobro de proteínas que os iogurtes comuns. É possível se beneficiar dessa iguaria porque o corpo precisa do dobro de esforço para digeri-lo, queimando muitas calorias no processo. Por sua vez, é bom porque minimiza a perda muscular ao queimar gorduras.

Quinoa: é um grande aliado no duro trabalho de perder gordura abdominal. Este grão é capaz de oferecer cinco gramas de fibra por xícara, além de ser considerado um “super alimento” devido ao seu alto teor de proteínas. A quinoa é rica em nutrientes como o ferro, o selênio, o zinco e a vitamina E, é antioxidante e pode ser consumido junto a vegetais, proteínas magras ou frutos secos.

Canela: serve para reduzir o apetite e oferecer mais sabor aos chás e infusões ou as sobremesas. Alguns estudos demonstraram que misturar ¼ de uma colher de dopa de canela nas refeições serve para acelerar vinte vezes mais o processo metabólico do açúcar no sangue, e por sua vez, diminuir os níveis dessa.

Pimenta: também chamada chili, assim como a pimenta caiena ou a pimenta vermelha, é ideal para quem quer perder peso. Isso devido ao seu alto teor de vitamina C, que é superior ao da laranja ou do limão. Além disso, também é antioxidante, acelera o metabolismo e permite que queimamos a gordura mais rápido. Também tem capsaicina, que diminui os líquidos do corpo e estimula a morte das células de gordura.

Chá verde: as propriedades do chá verde para o organismo já são bem conhecidas, dentre elas podemos citar sua efetividade para controlar ganhos de peso, mesmo que seja em alimentações ricas em gorduras. Esse chá, tomando-se todos os dias, reduz a capacidade de absorvermos as gorduras dos alimentos e estimula, ao mesmo tempo, a queima de calorias e de gorduras acumuladas, principalmente no abdômen.

Toranja: essa fruta possui pouquíssimos carboidratos e é constituída por 90% de água. Além disso, é capaz de beneficiar as dietas devido a sua capacidade de agir diretamente no emagrecimento devido ao seu teor de ácido cítrico. É aconselhável comê-la em jejum pela manhã, será ótima para pessoas que sofrem de anemia, também regulará o colesterol e curará resfriados e gripes. Não deixe de tentar adicioná-la a algumas saladas, sucos e vitaminas.

gordura abdominal

Melancia: ela é majoritariamente composta por água, ocupando mais lugar no estômago e no intestino, o que causa a sensação de saciedade e nos impede de comer cada vez mais. Também é boa para evitar a ansiedade por comer, tem muitos nutrientes, todos com poucas calorias. Desfrute da melancia no verão, não apenas como sobremesa, mas também entre as refeições, será muito benéfico.

Pera e maçã: ambas as frutas têm propriedades similares, são ricas em água e ao mesmo tempo em pectina, composto útil para desintoxicar o organismo e evitar o colesterol ruim, dentre outras coisas. A pera é rica em cálcio, potássio e ferro, além de sódio em pequenas quantidades. A maçã, por sua vez, é diurética, oferece fibras e diferentes aminoácidos.

Uva: e também as uvas passas, são ótimos alimentos desintoxicantes, perfeitas para consumir quando estamos de dieta. Dentre seus benefícios, podemos citar como principais a presença de vitamina B e potássio, que servem para controlar o colesterol. Além disso, ajuda a limpar o corpo graças à sua ação depuradora.

Vegetais crus: as verduras de folhas verdes, o salsão, a cenoura e o tomate, servem para satisfazer a ansiedade por comida, além de oferecer muita água e poucas calorias. Procure consumi-las cruas uma vez ao dia, assim será possível aproveitar de uma grande quantidade de vitaminas, fibras, minerais e antioxidantes, que costumam se perder durante o cozimento.

Café verde: o extrato de café verde ajuda a perder peso ao acelerar o metabolismo, responsável por processar os alimentos. Isso acontece porque ele tem uma substância que evita que o corpo absorva as calorias que recebe das gorduras e dos carboidratos.

Ovo: ao adicionarmos dois ovos ao café da manhã diariamente, conseguiremos perder vários quilos. O ovo nos deixa muito saciados e evita que comamos entre as refeições, assim, chegamos com mais energia ao meio do dia.

Dicas para reduzir a gordura abdominal

A gordura abdominal é provavelmente a mais teimosa. A predisposição genética dita a zona do corpo que é a primeira a acumular gordura e é a ultima a desaparecer. Por isso é que é tão dificil fazê-la desaparecer! Embora nalgumas pessoas a zona critica seja o rabo, para a maioria o difícil é a gordura abdominal e por isso temos que a atacar especificamente.

Acelerar o metabolismo

A primeira dica é consumir mais alimentos que aceleram o metabolismo. Chá verde, café são apenas alguns exemplos.

Quando aceleramos o metabolismo é como se fizessemos uma afinação para o nosso corpo consumir mais calorias.

Não beber álcool

Para além de todo o mal que o alcool faz no nosso cérebro e de ter calorias vazias e inuteis, o álcool faz o oposto: desacelera o metabolismo. A barriguinha de cerveja não é só pelo gáz da cerveja ou pelas calorias, é muito porque quando consumimos alcool o corpo consome menos calorias e acumula-as mais.

Usar um creme redutor

creme redutor

Eu não costumo recomendar drenantes ou coisas do género mas no caso da gordura abdominal, usar um creme redutor faz maravilhas! Principalmente os redutores termogénicos, aqueles que deixam a barriga “a arder”.

Massajar a barriga todos os dias com um destes cremes é a maneira mais rápida de reduzir a gordura abdominal (presumindo que já só lhe sobra essa gordura).

Coma muitas fibras

Para além de nos deixarem saciados por mais tempo, as fibras ajudam a um melhor transito intestinal. Dessa forma é possível evitar a prisão de ventre e o uso de laxantes que podem irritar o intestino e levar ao inchaço abdominal e o aumento da produção de gases, por exemplo.

Reduzir o inchaço abdominal

Muitas vezes o intestino preso provoca o excesso de gordura na região abdominal e inchaço.
Isto faz com que o processo de eliminar gordura seja mais lento e a consequente limpeza do intestino, impedindo assim a eliminação de toxinas prejudiciais do nosso corpo.
Os nutricionistas dizem que não há resposta para esse problema, mas a verdade é que esta bebida caseira e natural pode ajudar muita gente!


Receita para reduzir inchaço e limpar intestino


Ingredientes
125 gramas de rabanete
3 limões (antes de usá-los, precisa colocá-los num recipiente cheio de água, junto com 1 colher de sopa de vinagre e deixar de molho por 10 minutos – para tirar os pesticidas)
3 colheres de sopa de mel


Modo de Preparação
Coloque o rabanete num liquidificador e misture bem. Em seguida, corte os limões em fatias (com casca), retire as sementes (se for o caso) e adicione-os no liquidificador. Misture novamente até obter uma mistura agradável e homogénea. Em seguida, adicione as 3 colheres de sopa de mel e misture tudo novamente.
Coloque a mistura num frasco de vidro e armazene-o no frigorífico.


Como se usa
Precisa de beber 1 colher de chá desta mistura, 2 vezes por dia, durante 3 semanas.


Porque é que o rabanete é bom neste caso?

O rabanete é uma planta bem conhecida e tem muitos benefícios para a saúde. Ele é usado na medicina natural à centenas de anos. Ele contém 10 vezes mais glucosinolates do que os brócolos. Além disso, as glucosinolates podem aumentar a resistência humana a qualquer tipo de cancro e de toxinas ambientais. Eles possuem potentes propriedades antioxidantes, e aliviam os problemas respiratórios e dos seios.
O limão tem vários benefícios para a nossa saúde. Ele alcaliniza o nosso corpo, e é rico em vitamina C.
E o mel é outro grande alimento da natureza. Ele é carregado de diversos nutrientes saudáveis.

Fazer exercicio físico e ter uma alimentação equilibrada são a chave para um corpo em forma mas isso já todos sabemos (embora não o façamos muitas vezes!).

Alimente-se bem e faça exercicio e é uma questão de tempo até ter um abdominal bonito!